website statistics

Receba nossas matérias por e-mail:

Parto Normal X Cesárea. Diferenças na recuperação.

Pós parto – Recuperação Cesárea X Normal

Como é a recuperação de uma cesariana?

A recuperação de um parto cesárea é mais lenta e incômoda, se comparada ao parto normal. A mulher leva de cinco a sete dias para se movimentar com mais facilidade. Mesmo assim, é comum ela precisar de ajuda para executar alguns movimentos, mesmo depois desse período Não dá para esquecer que a cesariana é uma cirurgia, com cortes não apenas na pele, como nos músculos, o que requer suturas internas e externas. Outro fator a ser levado em conta é que, na cesárea, pode haver o risco de uma infecção no corte, o que atrapalharia a recuperação. Porém, no final de quarenta dias, ela estará pronta para voltar totalmente às suas atividades físicas.

E a recuperaçao do parto normal?

A recuperação de um parto normal  é um pouco mais rápida do que a da cesariana, principalmente no pós-parto imediato. De seis a doze horas após dar à luz, a mulher já está se movimentando facilmente, sem auxílio. O incômodo também é menor porque ela não sofreu cortes mais extensos em estruturas internas do corpo. Pelo mesmo motivo, a ocorrência de infecções é muito menor. Em trinta dias, quem deu à luz pelo parto vaginal deverá estar plenamente apta a voltar às suas atividades normais. Com exceção das relações sexuais, já que a mulher deve se resguardar por no mínimo quarenta dias.

A amamentaçao ajuda na recuperação?

Seja qual for a via do parto, vaginal ou cesariana, os especialistas afirmam que amamentar é a melhor forma de acelerar a recuperação da mulher. Ao se preparar para dar de mamar, o organismo feminino produz um hormônio, conhecido como ocitocina, que ajuda a contrair o útero. Como há uma estreita ligação entre as glândulas mamárias e o útero, toda vez que a mamãe oferece o peito para o bebê ocorrem pequenas contrações que ajudam o órgão a voltar de forma mais rápida ao tamanho normal. Além disso, há também a produção de prolactina, outro hormônio gestacional que é responsável pela fabricação do leite e, graças a ele. as gorduras estocadas nas células são usadas, em parte, pelo organismo como fonte de energia. Sem muito esforço, então, as gordurinhas extras podem ser queimadas devido a esse mecanismo natural do corpo. Sem contar que o seu bebê irá agradecer essa prova de amor que além de tudo é saudável.

gravidez 300x201 Parto Normal X Cesárea. Diferenças na recuperação.

Gravidez, parto e recuperação.

É natural sentir dor no período pós parto?

Sim. Nos partos normais, a dor pode ficar por conta da sutura na episiotomia, corte realizado na parede vaginal para facilitar a saída do bebê sem dilacerar a musculatura do local. Os pontos podem causar um certo desconforto na região, mas a dor não dura mais do que uma semana após o parto. Entretanto, atualmente, como os médicos estão usando um fio para sutura à base de ácido poliglicólico, a absorção dos pontos da episiotomia é bem mais rápida. Além disso, com esse tipo de fio, o inchaço e a irritação no local diminuem bastante.

Já no caso da cesariana, a dor ocorre por causa dos cortes (internos e externos) e dura, mais ou menos, quinze dias.

O que pode ser feito para amenizar a dor na episiotomia?

O problema pode ser resolvido com um spray analgésico, cicatrizante e anti-séptico, que deve ser usado, somente com indicação médica, cada vez que a mulher for ao banheiro, depois da higienização no local. Pode-se utilizar também cremes antiinflamatórios para diminuir a dor e o desconforto. Banhos de assento com água morna e sabonete neutro ajudam a amenizar o problema. Em casos de dores realmente fortes, o obstetra pode entrar com medicação via oral receitando analgésicos ou relaxantes musculares mais potentes.

Como cuidar dos cortes cirúrgicos?

No caso da episiotomia, devido a sua proximidade com o ânus e a uretra, deve haver uma boa higiene no local com água e sabonete neutro depois de cada ida ao banheiro, para evitar o contato do corte com as fezes e a urina. Nas cesarianas, também deve haver uma higienização no corte abdominal com água e sabão neutro.

Para isso a mulher pode enrolar uma gaze esterilizada no dedo e fazer a limpeza com delicadeza. Em seguida aplica-se um anti-séptico indicado exclusivamente pelo médico. Existem cremes anti inflamatórios que podem ser usados como prevenção para que não se forme uma cicatriz alta chamada de quelóide. É aconselhável também que a mulher use calcinhas de algodão e de cintura alta ou mesmo cintas especiais para dar uma melhor sustentação à musculatura da barriga.

Depois de quantos dias pode-se retirar os pontos da cesariana?

Em geral, quando são dados pontos cirúrgicos externos, os médicos os retiram, aproximadamente, após sete dias. Quando é feita a sutura intradérmica (usada em cirurgia plástica), para que a cicatriz fique o menos perceptível possível, ela é retirada, normalmente, depois de dez ou doze dias.

Pode haver problemas com os pontos?

Em 10% dos casos, alguns pontos podem se abrir. Entretanto, em uma semana o corte se fecha por conta própria com um pouquinho de repouso. Nas cesarianas, o problema mais comum são alguns pequenos hematomas embaixo da pele onde foram dados os pontos. Quando isso acontece, na maioria das vezes, há necessidade de o médico drená-los para que não se transformem em abscessos mais graves.

Voltar ao início do nenê

Nenê - Artigos Relacionados:

Nenê tagged this post with: Read 167 articles by

2 Comments

  1. Maria alicia lopes disse:

    A dor do parto cesariana doi muito, mas vale a pena. Quando vc escuta seu bebe chorar é muito emocionante.

  2. NOSSA E MUITO DOOROSO TER 5 GEMEOS MAS VALEU A PENA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>